9 de novembro de 2013

Pudera!


Já se sabia que as intenções deste governo não eram as melhores, mas aceitar que o descalabro se instale em setores tão sensíveis da sociedade como é o da educação, levando a que cada vez mais existam cidadãos de primeira e cidadãos de segunda, torna as coisas insuportáveis.
Não espantam, por isso, os resultados alcançados pelas escolas do secundário, quando comparadas com os de anos anteriores em que as transferências de dinheiros públicos para as escolas privadas não atingiam os montantes pornográficos de hoje.

Sem comentários: