Mostrar mensagens com a etiqueta sonho americano. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta sonho americano. Mostrar todas as mensagens

23 de fevereiro de 2008

Obama nas alturas



O candidato democrata Obama (Barack) está a conseguir fazer sonhar de novo os norte-americanos.
Tal como Luther King ou J.F.K., Obama consegue chegar ao coração do seu eleitorado, transmitindo-lhe mensagens de esperança, de igualdade, de paz, de coesão social, enfim, uma mensagem que soa bem aos ouvidos de quem, nos últimos anos, tem receado pelo desvanecer do "sonho-americano". A única coisa que aquele potencial presidente norte-americano não tem aos olhos daquela América profunda, conservadora e sempre com a arma pronta a disparar, é uma tez menos morena e a sensatez de poder admitir a existência de poderes paralelos nos bastidores políticos da "maior" potência do mundo.
Portanto, ou muito me engano, e tomara que sim, ou aquele jovem “vendedor de sonhos” irá ter o mesmo fim que os outros sonhadores que o precederam tiveram porque, infelizmente, para matar a esperança basta apenas um, movido pela obsessão de alguns.