Mostrar mensagens com a etiqueta onu. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta onu. Mostrar todas as mensagens

2 de dezembro de 2012

Corajoso reconhecimento

Não se trata de afrontar Israel ou sequer os Estados Unidos, mas sim de dar a milhares de pessoas, a possibilidade de viverem em paz.

24 de setembro de 2011

Parto difícil

Pois é, mais um passo foi dado para que, finalmente, seja reconhecido o Estado palestiniano. 
Foi o que fez presidente Mahmoud Abbas quando, na Assembleia Geral das Nações Unidas, entregou um pedido de adesão da Palestina ao Secretário Geral daquela organização, contando que, por essa via, fosse reconhecida como Estado. Porém, essa tentativa de obter, por outra via, o tão desejado reconhecimento não é encarada com bons olhos pelos EUA e por Israel. Segundo eles "não hão atalhos no processo de paz com Israel" e enquanto não estiverem satisfeitas as exigência de ambos, o Povo da Palestina terá muito que esperar até ver o seu sonho concretizado.

26 de agosto de 2011

"Vêm em bandos Com pés veludo" *



Quando aqueles que querem a paz, são empurrados para a guerra, poucas mais palavras haverá, que sirvam para apelar à tolerância.


[foto]

4 de maio de 2011

Ora aí está uma boa notícia!


Se vai resultar ou não não sei, e creio que ninguém sabe também. Porém, não existem dúvidas que esta reconciliação entre as duas maiores e mais influentes facções da Palestina, é um grande passo na concretização do tão desejado Estado Palestiniano.
Este momento de esperança, obtido muito à custa das cedências que ambas as forças fizeram no sentido de trazerem a paz àquele território tão violentamente disputado, só se justificará caso o Hamas reconheça o Estado de Israel, o que, aos olhos de alguns, será uma tarefa quase impossível, mas também ninguém diria que a U.R.S.S. alguma vez se desintegraria.