Mostrar mensagens com a etiqueta françois hollande. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta françois hollande. Mostrar todas as mensagens

31 de dezembro de 2013

Os bons exemplos não passam (nem ficam) por cá


Parece que os ventos da mudança ficaram para lá dos Pirinéus, ou não fosse a França a capital da igualdade, da liberdade, da fraternidade e agora da solidariedade e da proporcionalidade.

15 de abril de 2013

Guerra perdida?


Se o nosso governo seguisse os passos de Hollande, muito provavelmente iríamos descobrir que os nossos políticos são uns pelintras, já que a riqueza que, supostamente, terão não se encontra em Portugal mas sim em paraísos fiscais e outros que tais, a que as nossas autoridades não podem, ou não querem, chegar.

15 de maio de 2012

Hollande, o sortudo

Na sua primeira deslocação a Berlim, na qualidade de presidente francês, Françóis Hollande apanhou o susto da vida dele, quando o avião que o transportava foi atingido por um raio. É caso para dizer que as suas viagens para aquela capital, poderão estar desde já ensombradas e que os motivos que lá o levaram poderão estar comprometidos, no caso, claro, de Hollande ser supersticioso, o que não me parece, tendo em conta que sempre acreditou, por exemplo, na vitória sobre Sarkozy, o que, convenhamos, não era muito difícil de prever.

8 de maio de 2012

Essa é que é essa

Não sei porquê, mas depois da vitória de François Hollande em França, o ministro da economia mostrou-se logo disponível para negociar com os sindicatos o aumento do Salário Mínimo Nacional (SMN) para 515 euros.