Mostrar mensagens com a etiqueta eça de queiroz. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta eça de queiroz. Mostrar todas as mensagens

3 de novembro de 2011

De uma atualidade atroz, quase impossivel de aturar

"Nós estamos num estado comparável apenas à Grécia: a mesma pobreza, a mesma indignidade política, a mesma trapalhada económica, a mesmo baixeza de carácter, a mesma decadência de espírito. Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico e que pela sua decadência progressiva, poderá vir a ser riscado do mapa da Europa, citam-se em paralelo, a Grécia e Portugal"

[in As Farpas - simpaticamente enviada por mail]