Mostrar mensagens com a etiqueta blasfémias. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta blasfémias. Mostrar todas as mensagens

24 de setembro de 2011

De facto, o problema já vem de longe, de muito longe!


"Algures no Atlântico, numa ilha com menos habitantes do que a do concelho de Gondomar, ou de Vila Franca de Xira, ou de Odivelas, ou de Famalicão, avançam os projectos de dois museus de arte contemporânea. A poucos quilómetros um do outro. Um deverá custar 13 milhões de euros. O outro está orçado em sete milhões. De caminho até há projecto do atelier de Óscar Niemeyer. Como pano de fundo, umas eleições regionais. Só que esta ilha não é a Madeira “despesista”: é São Miguel, nos Açores. Um dos projectos é promovido pelo governo regional (PS), o outro pela câmara de Ponta Delgada (PSD). Tudo em Portugal, no ocaso deste ano de 2011, o ano em que a troika chegou. Estarão a gozar connosco?"

3 de fevereiro de 2011

Coimbra, uma lição


1. Acontecem coisas horríveis em Coimbra. As escolas com contrato de associação roubam alunos às escolas públicas. Mas as escolas com contrato de associação não são melhores. As escolas com contratos de associação endrominam as crianças com chupa-chupas e os pais das crianças com basileiras boazonas.
.
2. As ditas escolas públicas de Coimbra têm 2000 vagas. Em qualquer país civilizado isto seria um sinal de que não devem ser grandes escolas e de que estão a ser mal geridas. Se fossem boas escolas atrairiam mais alunos. Se fossem bem geridas, o ministério já teria fechado pelo menos uma delas. Poucas são as escolas públicas com muito mais de 1000, pelo que, se no seu conjunto têm 2000 vagas, é porque é possível reduzir e consolidar a rede.Acontece que, na gestão pública, reduzir e consolidar não é uma opção.
.
3. As escolas públicas de Coimbra também beneficiaram do programa de renovação do parque escolar que acrescentou dezenas de salas a cada escola pública envolvida. Quem recentemente expandiu a rede, agravando o problema da dívida pública, vem agora dizer que as escolas associadas com 30 anos de actividade é que estão a mais.

[texto tirado daqui]

8 de fevereiro de 2010

Todos pela Liberdade


Bom, se é para lutar pela liberdade, o "Impossível de aturar" faz questão de se juntar ao movimento.
Primeiras ecos na imprensa, no ionline; no Público (via Blasfémias).