Mostrar mensagens com a etiqueta benfica. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta benfica. Mostrar todas as mensagens

7 de maio de 2011

Mau estar contagiante


O Benfica está em crise, assim como o país também está em crise!
Se forem, como dizem, realmente seis milhões, então os benfiquistas representam cerca dois terços da população portuguesa, o que por si só, nos poderá levar a algumas conclusões. 
O Benfica confunde-se com Portugal. É um clube português, um clube que foi, e continua a ser, transversal a toda a sociedade. Foi com ele, e através dele, que o Povo se alegrou e motivou no tempo ditadura e da democracia. Moveu massas e reúne multidões. Ainda hoje alimenta paixões e discussões, vitórias e frustrações. É um Clube de sensações, de emoções e de milhões, que ainda não se adaptou a jogar num mundo onde a razão supera o coração. E bem sabemos como é, quando o coração nos tolda a razão e nos leva, muitas vezes, a acreditarmos na nossa invencibilidade e a nos esquecermos daquele toque de frieza que podemos e devemos dar em determinados momentos da nossa vida, só para termos a certeza de que ainda conseguimos mostrar e manter a nossa respeitabilidade.
Tal como o país, também o Benfica está a necessitar de uma troika, não igual à do seu mais directo rival, mas uma semelhante, com tão bom ou melhor grau de eficácia, que desperte nos seus, adeptos, dirigentes e jogadores, um compromisso para com o clube e para com o país, de forma a que um motive o outro e vice-versa.

[imagem]

8 de novembro de 2010

Melhores dias virão, para os jovens claro

Acredito que muitos dos jovens do nosso país, e cujos pais são adeptos fervorosos do SLB, estarão a passar por grandes dificuldades, tal é a necessidade que sentem em não perfilar dos mesmos ideais futebolísticos dos seus progenitores e a obrigatoriedade que lhes é imposta para continuarem a sê-lo, apenas porque é assim que as coisas funcionam lá em casa.

26 de outubro de 2009

Verdade seja dita

O Benfica parece outro.
Quando entram em campo, nada os detém enquanto não conseguem abrir caminho até à baliza do adversário.
Não há dúvida alguma, que o trabalho de uma equipa motivada resulta quase sempre em vitória.
Não há dúvida alguma, que um treinador bem aceite pelo balneário, consegue fazer tudo aquilo que está ao seu alcance, para que a sua equipa seja vencedora.
Não há dúvida alguma, que o campeonato português necessitava de uma alternativa à hegemonia do Porto.
Não há mal que sempre dure, nem bem que não se acabe.

2 de agosto de 2009

Sinais positivos

«Nos oito jogos particulares que os "encarnados" já realizaram nesta pré-temporada, somaram seis vitórias, um empate (logo no primeiro, frente ao Sion) e uma derrota (contra o Atlético de Madrid, na partida de apresentação aos sócios).»

A julgar pelo desempenho, da pré-temporada, os adeptos benfiquistas (já) podem começar a sonhar pela conquista do campeonato nacional, desta vez com a firme convicção de que desta vez é para valer. Oxalá esse sonho se torne realidade, quanto mais não seja pela preservação da saúde dos encarnados, debilitados que estão pelo longo jejum em que se encontram.