4 de novembro de 2017

Cidadão Polícia

O Big Brother tomou, definitivamente, conta nosso dia-a-dia!
A (triste) conclusão a que chegamos é que, se não fosse a emergência das redes sociais, o Estado não tinha capacidade para reagir às constantes ameaças que surgem contra a estabilidade do modelo que ele construiu para vivermos todos na melhor paz possível. Anda, por assim dizer, a "reboque" da indignação geral.

Sem comentários: