14 de novembro de 2015

Je suis Paris


Paris, foi a primeira cidade da Europa a sofrer com a luta contra o EI, mas os verdadeiros culpados só a história os há-de julgar, para pena minha e de muitos outros que a eles atribuem a responsabilidade por toda a instabilidade que se gerou no Médio Oriente. No momento, o que me ocorre, é que as autoridades não baixem os braços e que intensifiquem as medidas de combate ao flagelo que constitui a maior ameaça que alguma vez assolou a Europa.

[imagem]

Sem comentários: