6 de agosto de 2012

Mundo novo, velhos problemas


Para já foram os primeiros a chegarem a Marte e têm a vantagem de terem à sua disposição as riquezas daquele planeta, ao que dizem bastante superiores às existentes no nosso. 
Os outros, os que ainda por cá ficam, vão continuar a explorar e a disputar as riquezas que ainda por aqui existem, sabe-se lá a que preço, e sem olharem a meios para atingirem os seus objetivos, que normalmente se refletem (negativamente) no nosso ambiente e, por arrastamento, em nós e em todos os que connosco convivem.
Quanto às guerras no novo domínio dos EUA, certamente que irão acontecer, ou não fosse o nome Marte, uma associação ao Deus da Guerra 

Sem comentários: