3 de maio de 2011

Ou muito me engano...


Com a morte de Bin Laden, os E.U.A., e seus aliados, não mataram um terrorista. O que fizeram, isso sim, foi terem criado um mártir que vai inspirar um número inimaginável de devotos seguidores, à semelhança do que aconteceu, e acontece, em muitas religiões.

Sem comentários: