5 de novembro de 2010

Quer-se dizer...

Ainda não refeitos das notícias que nos colocam ao lado da Grécia e da Irlanda, ainda por cima vamos ter que devolver a Bruxelas a módica quantia de 40 milhões de euros que não investimos, ou se investimos foi deficientemente, na agricultura. É caso para dizer que um problema nunca vem só e, mais uma vez, nos interrogamos acerca da utilidade das dezenas de indivíduos que se pavoneiam pelos corredores dos ministérios a receber quantias que somente servem para lhes aumentarem a auto-estima.

Sem comentários: