8 de outubro de 2010

Será assim tão difícil?


Apesar de ser um bonito número (1000 milhões) não pense o governo que resolverá o problema das finanças públicas com o corte nos vencimentos dos funcionários públicos. É necessário ir muito mais além nas medidas de contenção das despesas. É necessário, por exemplo, cortar naquelas despesas que sustentam as máquinas partidárias e outras que, em democracia, se tornam necessárias, para não dizer fundamentais,  para manter um número suficiente de indivíduos dispostos a empunhar a bandeira do partido que melhor lugar tem para lhes oferecer.

Sem comentários: